Carmelitas Missionárias

Congregação das Irmãs Carmelitas Missionárias de Santa Teresa do Menino Jesus



Fundação da Instituição

 A presença e missão das Irmãs Carmelitas Missionárias de Santa Teresa do Menino Jesus na cidade de Frutal – MG, em conformidade com o livro de registro de fundação, foi fruto do desejo do Frei Gabriel Marchi, franciscano, que no leito de morte pediu ao Dr. Calixto Miziara Filho que procurasse as Irmãs Carmelitas Missionárias de Santa Teresa do Menino Jesus, para assegurar a continuidade e o bom andamento da Santa Casa. Diante das dificuldades administrativas da Santa Casa, Dr. Calixto, em companhia de Pedro Borges, dirigiu-se para Uberaba, à procura das Irmãs Carmelitas. Após insistentes pedidos á então delegada da Superiora Geral Irmã Virginia Murtinu, no dia 19 de março de 1976, concretizava-se o pedido de Frei Gabriel com a chegada da Irmã Paula Brincat, Irmã Rosária Gilo e Irmã Imaculada Stinghen em Frutal, acompanhadas por uma comitiva das Irmãs de Uberaba e pisavam aquela terra abençoada, acolhidas pelo povo que fora mobilizado. O Pároco Frei Tiago Valença e demais Padres Capuchinhos, o Prefeito Sr. Gilberto Alves de Souza e a equipe da Santa Casa liderada pelo Dr. Calixto Miziara. Realizada a recepção, participaram da Celebração Eucarística em ação de graças, e as Irmãs passaram a residir em uma casa adaptada, anexa ao Asilo Pio XII.

Santa Casa

As Irmãs, orientadas pela Irmã Paula Brincat prestaram relevantes serviços na Santa Casa, privilegiando, sobretudo os pobres, conforme era o desejo de seu fundador frei Gabriel. A Irmã Paula assumiu a coordenação geral do hospital, além do serviço de enfermagem até o ano de 1983. No dia 12 de janeiro de 1984, a Irmã Paula Brincat despediu-se de todos os frutalenses e Irmãs Carmelitas da região brasileira para compor a comunidade missionária da nova fundação na Tanzânia, África .

Residência das Irmãs

As Irmãs, aos poucos, sentiram a necessidade de residirem na casa própria. Conseguiram no dia 19 de maio de 1978, a doação de um terreno da Prefeitura municipal de Frutal. Com a presença do Prefeito Alceu de Queiroz, de médicos e do povo frutalense foi lançada a pedra fundamental da nova residência das Irmãs com uma cerimonia presidida pelo Frei Carlos. Contando com a colaboração de todo o povo, foram realizadas diversas promoções mutirões para a construção. As irmãs passaram residir na própria casa continuando prestar assistência e serviço no hospital e Asilo Pio XII, bem como da evangelização promovida nas zonas rurais pelo grupo com a presença sempre acolhedora e animadora da Irmã Paula Brincat.

Educandário Padre Lourenço

Visando atender a uma demanda do bairro em que habitavam, as Irmãs decidiram fundar uma Creche a fim de proporcionar às famílias pobres e, sobretudo às mães solteiras a possibilidade de poderem dedicar-se ao trabalho e assegurar um futuro melhor a seus filhos.
Assim, no dia 16 de Julho de 1982, com a presença da Superiora regional, Irmã Madalena Tada e outras Irmãs, realizou-se a assembleia de fundação do Educandário Padre Lourenço, em Frutal, em homenagem ao fundador da Congregação. A primeira diretoria composta pelas Irmãs: Paula Brincat, Irmã Inês Giunta, e Irmã Rosaria Gilio. Conselho Técnico: a Irmã Maria Iva Bispo, a Irmã Benedita Muniz e a Irmã Divina Pires de Oliveira.

Missão do Educandário Padre Lourenço era acolher, defender e promover as crianças na faixa etária de 0 a 6 anos e 11meses de ambos os sexos, proporcionando-lhes uma educação integral, o desenvolvimento de suas potencialidades, bem como prestar orientação e apoio às famílias.
O inicio se deu com poucas crianças, crescendo o número na medida da ampliação do prédio.
Com o passar dos anos, a atenção se concentra totalmente na área da educação, procurando para isso melhorias com ampliação do ambiente e qualidade de serviço oferecendo uma educação integral às crianças e assistência às famílias. Em agosto de 1990, inicia-se o projeto de ampliação com a construção da nova ala com novas salas, banheiros e ala de lazer.
Projetos para captação de recursos das mais diversas fontes de origem testemunham o esforço de cada diretoria do Educandário que quis deixar sua marca de dedicação e de esforço para dar qualidade no atendimento às crianças.
Não havendo mais área livre para novos melhoramentos, as Irmãs juntamente com o grupo de apoio de Educandário pensaram em requisitar a rua adjacente ao Educandário e que não era muito transitada pelos carros. Irmã Madalena Tada, então Diretora do Educandário, juntamente com voluntários solicitaram ao senhor Antônio de Queiroz, Prefeito de Frutal, a doação da área da rua que correspondia à Rua Vera Cruz.
“O Prefeito não encontrou dificuldade em ceder a área para beneficiar o Educandário, pois a finalidade para a qual as Irmãs requeriam a área visava trazer melhoras ao atendimento da mesma população.
A única condição que ele impôs foi o de se conseguir aquiescência da população circunvizinha para que a doação fosse efetivada. Irmã Madalena Tada e o senhor Antônio Adair de Freitas ,percorreram todas as casas do entorno, motivando o pedido e solicitando a assinatura de todos. De posse do abaixo-assinado, retornaram à Prefeitura obtendo a doação definitiva do terreno, deixando a passagem apenas aos pedestres”.

Com a área acrescida o Educandário foi beneficiado ainda com um Playground espaçoso e com brinquedos variados, um projeto de Castelinho encantado para projeção de vídeos, salas de entretenimento, serviço sanitários em todas as salas, Salão para realização de atividades múltiplas. Para realização das reformas o Educandário contou com a participação de voluntários de Clubes de serviços e do Missionário Padre Jorge Pecorari do P.I.M.E.
Hoje o Educandário Padre Lourenço atende 167 crianças e 127 familias. Passaram pela direção do Educandário a Irmã Aparecida Filett, a Irmã Amâncio Alzira Tristão, Irmã Antônia José Xavier , Irmã Madalena Tada, Irmã Suely aparecida Borges, Irmã Ana Balbina de Souza, Irmã Simony Angelino da Silva, Irmã Aleçandra Saraiva Oliveira ,sendo atual Irmã Ana Balbina de Souza.

Direção do Educandario

 Passaram pela direção do Educandário a , Irmã Maria Paula Brincat Irmã Aparecida Filett, a Irmã Alzira Amâncio Tristão, Irmã Antônia José Xavier , Irmã Madalena Tada, Irmã Suely aparecida Borges, Irmã Ana Balbina de Souza, Irmã Simony Angelino da Silva, Irmã Aleçandra Saraiva Oliveira ,sendo atual Irmã Ana Balbina de Souza.















Visão

"Promover a educação integral e a inserção da criança na sociedade, contribuindo para o bem-comum."

Valores e Princípios

Evangelizar através da educação, restaurando a imagem de Cristo na humanidade. Promover a educação, atendendo a criança e a família em situação de vulnerabilidade, em sintonia com como processo de desenvolvimento e diante dos campos de experiência propostos pela BNCC. Trabalhar os princípios que promovem vivências de aprendizagem e desenvolvimento nos diversos campos de experiência: conviver, brincar, participar, explorar, expressar e conhecer-se.

Missão

A missão do Educandário Padre Lourenço em consonância com os ideais dos fundadores é acolher, educar, defender e promover a criança na faixa etária de 01 a 5 anos e 11 meses, proporcionando-lhe uma educação integral e participativa a partir da estimulação, nutrição, recreação e vivências que ampliem o seu mundo espiritual, cultural, social, e político, tornando-a sujeito de sua própria ação educativa, bem como o apoio e a orientação às suas famílias.

Conheça o Educandário